DISSEMINAÇÃO DA INFORMAÇÃO METEOROLÓGICA: contribuições dos paradigmas tecnológico e da complexidade

Fernando Bittencourt dos Santos, Fernanda Martins

Resumo


A informação meteorológica se configura como uma questão multidimensional ancorada em aspectos ambientais, políticos, econômicos e socioculturais, sendo fundamental o fortalecimento dos mecanismos de processamento e intercâmbio desta informação, a fim de que sua disseminação eficiente e equitativa seja assegurada. Partindo dessas premissas, o artigo apresenta como objetivo: explorar a disseminação da informação meteorológica na perspectiva do paradigma tecnológico de Castells e na do paradigma da complexidade de Morin. Para tanto, através de uma pesquisa bibliográfica, foi constatado que a Meteorologia e a informação meteorológica apresentam personalização tecnológica, em decorrência do avanço e atualização dos instrumentos meteorológicos e das fontes de informação, sendo os media os principais canais de disseminação dessa informação. Enquanto objeto de investigação, a informação meteorológica agrega a inter e transdisciplinaridade e, para que a mesma seja eficaz dentro da perspectiva de sua comunicação, deve ser estruturada em termos de conteúdo e estratégias de disseminação.

Palavras-chave: Disseminação da informação; Informação meteorológica; Meteorologia; Paradigma da complexidade; Paradigma tecnológico


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Copyright © 2013 | CIC.Digital (Porto) | Contacto: gabinete_ab@hotmail.com | ISSN 0873-5670 | eISSN 2183-6671 | D.O.I. 10.21747/21836671/pag