UNIVERSIDADES FEDERAIS BRASILEIRAS: influências das políticas públicas de informação na criação de seus repositórios

Alex Silva Rodrigues, Cláudio Marcondes de Castro Filho

Resumo


O artigo é constituído por um histórico-descritivo que parte da seguinte indagação: como se relacionam as políticas de informação com a expansão dos Repositórios Institucionais nas universidades federais brasileiras? E tem os seguintes objetivos: identificar as políticas de informação do governo federal brasileiro para repositórios; verificar quais universidades federais possuem Repositórios Institucionais e apresentar um breve histórico da expansão dos repositórios nas universidades federais brasileiras. Quanto aos resultados, indicam que as políticas de informação brasileira são positivas, pois contribuem para a expansão dos Repositórios Institucionais nas universidades federais; no entanto, os Repositórios Institucionais não estão implementados em todas as universidades. Apontam para a importância da continuidade da expansão dos Repositórios Institucionais nas universidades federais, que devem aderir às políticas de informação do país, e, dessa forma, contribuem com a divulgação de informação científica nacional.

Palavras-chave: Política pública de informação; Repositórios institucionais brasileiros; Universidades Federais brasileiras.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Copyright © 2013 | CIC.Digital (Porto) | Contacto: gabinete_ab@hotmail.com | ISSN 0873-5670 | eISSN 2183-6671 | D.O.I. 10.21747/21836671/pag