Recensão crítica: Pathways into Information Literacy and communities of practice: teaching approaches and case studies. Ed. Dora Sales, María Pinto. Amsterdam: Chandos Publishing, 2017. ISBN 978-0-08-100673-3.

Tatiana Sanches, Maria da Luz Antunes, Carlos Lopes

Resumo


A obra Pathways into Information Literacy and Communities of Practice: Teaching approaches and case studies, editada por Dora Sales e María Pinto, reúne um conjunto de contributos diversificados e abrangentes de peritos internacionais sobre a literacia da informação, à luz do conceito de comunidades de prática. Ao longo do livro confirma-se a riqueza desta abordagem. O objetivo principal dos autores é descrever como a literacia da Informação pode ser abordada em situação e em contexto, podendo assim ser adaptada às formas que revestem as suas práticas de ensino e moldável aos aspetos culturais e sociais que a envolvem. Assim, assente no conceito chave de comunidade de prática, que é por si mesmo idiossincrática, é explicado que a informação gerada, pesquisada e usada a partir de recursos e fontes de informação é diferente de caso para caso, sendo que a forma como a Literacia da Informação é adotada em cada realidade deve ser também diferente. Os tópicos sobre os quais se confrontam estes especialistas, abordam por exemplo o pensamento crítico como base para se apresentarem propostas formativas adaptáveis a diversas situações, indo para além dos standards com que muitos profissionais se têm guiado até hoje para preparar o ensino das competências em informação.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Copyright © 2013 | CIC.Digital (Porto) | Contacto: gabinete_ab@hotmail.com | ISSN 0873-5670 | eISSN 2183-6671 | D.O.I. 10.21747/21836671/pag