iNeighbour TV: a Televisão Interativa na promoção da interação social entre seniores

Pedro Almeida, Jorge Abreu, Núria Monteiro

Resumo


A integração tecnológica nos modelos de organização social e institucional é, atualmente, uma realidade tão imbricada e abrangente, que naturalmente afeta os próprios modelos de socialização e de interação social. Contudo, esta difusão, do ponto de vista etário, não se processa de forma uniforme e abrangente na sociedade, sendo maioritariamente dirigida e integrada pelas camadas etárias mais jovens. Contudo, importar combater esta assimetria tecnológica e contribuir para que a população sénior beneficie de mecanismos que lhe permita incrementar o seu nível de bem-estar. Foi na busca desta premissa, e tendo em atenção o contínuo aumento da esperança média de vida, aliada a uma ininterrupta expansão dos níveis de literacia, que surgiu o projeto iNeighbour TV, um sistema de televisão interativa orientado para telespetadores seniores. A motivação de base fundamenta-se no incremento do conforto e da qualidade de vida; no apoio e suporte aos cuidados de saúde; e na promoção da interação social. Sendo assim, duas das funcionalidades basilares deste sistema, descritas neste artigo, dizem respeito às áreas da Comunidade e do Lazer, cujas funcionalidades foram orientadas ao alargamento das redes de sociabilidade, e de apoio, e ao incentivo à participação em atividades exteriores ao espaço residencial. A televisão apresenta-se como o artefacto central da mediação tecnológica visto ser um equipamento familiar, já conhecido e dominado por este grupo etário. A avaliação do sistema foi efetuada no terreno e com a disponibilização da aplicação de televisão interativa em casa dos avaliadores, durante 5 semanas, através de uma amostra constituída por dois grupos regionais, em Aveiro e Porto. Para a recolha de dados, deu-se primazia a técnicas de foro quantitativo, mais concretamente: o inquérito por questionário, a observação participante e os registos automáticos de interação com a aplicação. Os resultados revelam que as funcionalidades integradas nestas duas áreas, exclusivamente dirigidas para os domínios do convívio e da sociabilidade, recolheram uma grande receptividade e motivação para a interação (tanto com o sistema, como com os restantes avaliadores).

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Copyright © 2005 | CIC.DIGITAL-Porto | PRISMA.COM | ISSN 1646-3153  | DOI 10.21747/16463153 | Contacto: prisma.com@letras.up.pt 

 

  

Lista da Revistas