Qualidade da Informação: Divergências no entendimento e propostas de novas construções conceituais

Regina da Silva Ornellas, Hiroo Takaoka

Resumo


A informação como produto da interpretação tem certamente uma questão dúbia embutida, principalmente no que se refere à subjetividade - assim como o próprio tema da qualidade, que trata da satisfação e a percepção de cada indivíduo. O conceito “Qualidade da Informação”, tal como é abordado na literatura, revela que se trata de uma noção vaga e imprecisa, situando-se muito próxima ao entendimento do senso comum. Este artigo tem o objetivo de focalizar a discussão nas formas de abordagem na literatura do conceito Qualidade da Informação, no esforço de se revelar limitações e desafios para a construção teórica do conceito, seguida pela investigação de dimensões para a avaliação e mensuração de Qualidade em campo, do ponto de vista conceitual e prático tanto do desenvolvedor tecnológico como do usuário da Informação e finalmente pelo teste de um dos modelos propostos para entendimento do conceito de forma prática.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Copyright © 2005 | CIC.DIGITAL-Porto | PRISMA.COM | ISSN 1646-3153  | DOI 10.21747/16463153 | Contacto: prisma.com@letras.up.pt 

 

  

Lista da Revistas