Expetativas dos Bibliotecários no Século XXI

Edma A. Satar

Resumo


O prefácio deste livro que começa com uma indicação sobre a profissão do bibliotecário como uma profissão que deve ser mais visível e acessível, o autor reúne opiniões de vários profissionais, cujos comentários são ali organizados. A explicação para a falta de visibilidade e acesso à profissão deve-se ao facto de ser rotineira na sua ocupação, nas suas funções e nos instrumentos de trabalho. As opiniões aqui registadas realçam que, fazer uma pesquisa num índice impresso é o mesmo que num índice online, que o futuro do bibliotecário depende do conhecimento tecnológico essencial às suas competências no conhecimento geral que possui e que cada vez se especializa mais nos novos modelos profissionais, e o papel do bibliotecário como fornecedor de informação e de serviços. A especialização das disciplinas alarga-se a um leque de serviços, tais como o planeamento do marketing, da formação, do apoio à investigação, do serviço editorial, para além da catalogação e indexação dos conteúdos em formatos normalizados ou serviços de referência normalizados do mesmo modo, em OCLC. Hoje em dia, a informação virtual é uma realidade na maioria das bibliotecas, tanto nas generalistas como nas especializadas. O desenvolvimento tecnológico faz da Internet um mediador entre o utilizador e o serviço de referência, tornando mais fácil o acesso aos recursos de informação não só como gestores de informação como também enquadrados nos novos modelos de negócio e financeiros, nos quais o utilizador é o cliente. No caso do bibliotecário académico, este torna-se mais do que um gestor e fornecedor de documentos digitais. A ele cabe interagir com os estudantes no desenvolvimento da literacia, no apoio ao entretenimento e à cultura, assim como pessoalmente ao desenvolver os seus traços de personalidade, que contribuirão não só para os apoiar na investigação como também para se beneficiar do enriquecimento científico e profissional que uma carreira numa biblioteca universitária pode proporcionar. O tratamento dos livros em línguas estrangeiras e a mobilidade académica que os projectos oferecem, exigem o conhecimento de várias línguas, o que significa um alto grau de especialização nos temas com que trabalha assim como dessas mesmas línguas estrangeiras, para que possam também apoiar no "balcão de referência". Este é um serviço público mantido por soluções informatizadas comerciais, que não devem ser apenas "soluções de conteúdo", "soluções técnicas de catalogação e indexação" e "soluções de processamento" mas soluções que se adaptem ao novo paradigma documental, centrado na linguagem de pesquisa no ciberespaço. Consequentemente, as mudanças na tipologia desses paradigmas no processo documental têm um duplo significado: na relação da informação no ciberespaço, no qual a linguagem numérica, a das notações de classificação dá lugar à linguagem dos descritores e no papel que desempenham no texto documental e no acesso à informação.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Copyright © 2005 | CIC.DIGITAL-Porto | PRISMA.COM | ISSN 1646-3153  | DOI 10.21747/16463153 | Contacto: prisma.com@letras.up.pt 

 

  

Lista da Revistas