História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia <p>A <strong>Revista da Faculdade de Letras do Porto - História</strong> foi fundada em 1970 e é editada com periodicidade anual desde 1984. A Revista iniciou em 2011 uma nova série editorial, a IV, adaptando a sua designação original (História – Revista da FLUP) e prosseguindo, em novos moldes, a sua missão de apoio à inovação e divulgação científica em matéria de estudos historiográficos. Em 2017, deu-se início à publicação da <strong>História - Revista da FLUP </strong>com periodicidade semestral e exclusivamente em formato online. </p> pt-PT <p><span>Os autores cedem à </span><span> Revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto - História</span><span> o direito exclusivo de publicação dos seus textos, sob qualquer meio, incluindo a sua reprodução e venda em suporte papel ou digital, bem como a sua disponibilização em regime de livre acesso em bases de dados.</span></p><p><span><br /></span></p><p><span>Não são cobradas taxas (APC's) nem de submissão, nem de publicação dos artigos.</span></p> iamorim@letras.up.pt (Inês Amorim) iamorim@letras.up.pt (Inês Amorim) Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 OJS 3.3.0.3 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 Ficha técnica https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11177 Comissão Editorial Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11177 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Montevideu: um prédio mascarado de palacete https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10833 <p>Construído entre 1942 e 1947, o Palacete situa-se no gaveto entre a Avenida de Montevideu e a Avenida da Boavista, junto ao Castelo do Queijo, apresentando-se como um prédio de rendimento concebido para Carlos Alberto Cabral, 2º Conde de Vizela, com projeto de Homero Ferreira Dias, discípulo de José Marques da Silva e membro do atelier deste. O edifício enquadra-se nas práticas e soluções da arquitetura moderna e aplica elementos de linguagem <em>art déco</em>, influenciado pelos contactos do comitente com o meio artístico internacional, bem como do arquiteto com o movimento modernista português, num período onde se estabelece e difunde-se uma política de gosto por parte do Estado Novo.</p> João Gadelho Novais Tavares Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10833 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Volume Completo https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11178 Comissão Editorial Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11178 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Poder Régio e Cortes em Portugal (Sécs. XII-XVI) https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11176 <p>Editorial</p> Maria Cristina Cunha, José Augusto Sottomayor-Pizarro Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11176 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Construir a fronteira transmontana entre os séculos XII e XIII: o papel da Coroa e dos poderes locais https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10859 <p><strong>Construir a fronteira transmontana entre os séculos XII e XIII: o papel da Coroa e dos poderes locais</strong></p> <p><strong>Resumo</strong>: Este trabalho procura contribuir para o entendimento da construção política da fronteira Nordeste do Reino de Portugal, ao longo dos séculos XII e XIII, e que corresponde ao atual território de Trás-os-Montes. Para tal, recorremos ao cruzamento de diversas fontes documentais, privilegiando o uso das Inquirições Gerais do Reino de 1258, pela riqueza de informações que esta fonte oferece num momento particular da construção de Portugal. No final, demonstraremos como os diferentes poderes se articularam e que estratégias foram adotadas, sobretudo a nível local, tendo em vista a definição política do espaço, através do exemplo do Julgado de Vinhais.</p> <p><strong>Palavras-chave</strong>: Trás-os-Montes; Fronteira; Poder; Séculos XII-XIII</p> <p> </p> <p> </p> <p><strong>La construction de la frontière transmontane entre les XII<sup>e</sup> et XIII<sup>e</sup> siècles: le rôle de la Couronne et des pouvoirs locaux </strong></p> <p><strong>Résumé: </strong>Cet article cherche à contribuer à la compréhension de la construction politique de la frontière nord-est du Royaume du Portugal, tout au long des 12ème et 13ème siècles, qui correspond au territoire actuel de Trás-os-Montes. Pour cela, nous avons eu recours au croisement de plusieurs sources documentaires, en privilégiant l'utilisation des <em>Inquirições Gerais do Reino</em> de 1258, en raison de la richesse des informations que cette source offre à un moment particulier de la construction du Portugal. Enfin, nous montrerons comment les différents pouvoirs se sont articulés et quelles stratégies ont été adoptées, notamment au niveau local, en vue de la définition politique de l'espace, à travers l'exemple du <em>Julgado</em> de Vinhais.</p> <p><strong>Mots-clés: </strong>Trás-os-Montes; Frontière; Pouvoir; XII-XIII<sup>e</sup> siècles</p> <p> </p> <p><strong>Construir la frontera transmontana entre los siglos XII y XIII: el papel de la Corona y los poderes locales</strong></p> <p><strong>Resumen:</strong> Este trabajo busca contribuir en la comprensión de la construcción política de la frontera Nordeste del Reino de Portugal, a lo largo de los siglos XII y XIII, el cual, corresponde al actual territorio de Trás-os-Montes. Para ello, recurriremos al entrecruzamiento de diversas fuentes documentales, priorizando el uso de las <em>Inquirições Gerais do Reino</em> de 1258, por la riqueza de informaciones que esta ofrece en un momento crucial en la formación de Portugal. Finalmente, demostraremos como los diferentes poderes se articularon y que estrategias fueron adoptadas, sobretodo en un nivel local, teniendo en cuenta la definición política del espacio, factor que abordaremos a través del ejemplo de <em>Julgado</em> de Vinhais.</p> <p><strong>Palabras clave: </strong>Trás-os-Montes; Frontera; Poder; Siglos XII-XIII</p> Rúben Teixeira Conceição Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10859 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Tabeliães em Cortes e a escrita do poder: os homens e os textos (séculos XIV-XV) https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10866 <p>Este artigo tem por objetivo analisar algumas questões em relação ao tabelionado e as Cortes medievais, especificamente a temas que envolvem a articulação dos poderes central e locais. Através da análise dos homens e dos textos procuraremos compreender, (1) quem eram os tabeliães presentes em Cortes, (2) como se estabelecia a comunicação entre poderes, mostrando alguns exemplos de circulação de cartas régias na região de Entre-Douro-e-Minho, (3) alguns casos relativos às queixas em Cortes sobre o pagamento da pensão – imposto que estes oficiais estavam obrigados a pagar anualmente.</p> Ricardo Seabra Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10866 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 D. João I face à Santa Sé (1417-1429). Observações em torno de algumas súplicas https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10865 <p>Bulas e súplicas dão-nos a conhecer D. João I (1385-1433) como rei cristão medieval, servindo o reconhecimento internacional do reino e a sua organização eclesiástica, o bem espiritual dos súbditos e o governo de sua casa. Os “Monumenta Portugaliae Vaticana” reúnem os documentos necessários para esta avaliação inovadora.</p> Tadeu Barros Duarte Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10865 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 A governação de Braga no início do século XVI: o concelho, o arcebispo e o rei nas atas de vereação https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10797 <p>A governação concelhia de Braga nos inícios do século XVI era exercida pelos homens-bons da cidade, numa estreita ligação ao arcebispo, senhor da cidade, e em conexão com o rei, senhor do reino.</p> <p>A articulação entre estes poderes será analisada na perspetiva dos mais antigos livros de vereação da câmara de Braga, até agora conhecidos, e que datam de inícios do século XVI, mais concretamente de 1509 a 1519. Aí foram registadas não apenas as atas das sessões camarárias, mas também alvarás e diplomas régios e arquiepiscopais, títulos de propriedades, tabelamentos de preços, regimentos de mesteres, entre outros, que traduzem bem essa relação entre poderes.</p> Joana Lencart Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10797 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Notas biográficas dos autores https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11173 <p>Notas biográficas dos autores</p> Comissão Editorial Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11173 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Sumário https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11171 Comissão Editorial Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11171 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 LAZZARINI, Isabella, ed. (2021), The Later Middle Ages, Oxford, Oxford University Press. ISBN: 978-0-19-873163-4, 296 pp. https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11081 <p>Recensão da obra: LAZZARINI, Isabella, ed. (2021), (2021), <em>The Later Middle Ages</em>, Oxford, Oxford University Press. ISBN: 978-0-19-873163-4, 296 pp.</p> André Rodrigues Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11081 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 PEREIRA, Joana Dias (2020), Associativismo livre. Uma história de fraternidade e progresso (1834-1926), Edições Almedina. ISBN 978-972-40-8725-2, 311 pp. https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10881 <p>.</p> Carla Sequeira Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/10881 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 BAVEL, Bas van; CURTIS, Daniel R.; DIJKMAN, Jessica; HANNAFORD, Matthew; KEYZER, Maïka de; ONACKER, Eline van; SOENS, Tim (2020), Disasters and History: The vulnerability and Resilience of Past Societies, Londres, Cambdrige University Press. ISBN 978-1-108-47717-8, 225 pp. https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11093 <p>BAVEL, Bas van; CURTIS, Daniel R.; DIJKMAN, Jessica; HANNAFORD, Matthew; KEYZER, Maïka de; ONACKER, Eline van; SOENS, Tim (2020), <em>Disasters and History: The vulnerability and Resilience of Past Societies, </em>Londres, Cambdrige University Press. ISBN 978-1-108-47717-8, 225 pp.</p> Ana Isabel Lopes Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11093 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Normas editoriais https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11174 Comissão Editorial Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11174 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000 Apresentação https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11172 Comissão Editorial Direitos de Autor (c) 2022 História: revista da Faculdade de Letras da Universidade do Porto https://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0 https://ojs.letras.up.pt/index.php/historia/article/view/11172 Fri, 07 Jan 2022 00:00:00 +0000