«Pobre galego?» Ideia e representação dos emigrantes galegos na literatura de viagens em Portugal de oitocentos

Autores

  • Nuno Resende

Resumo

RESUMO: O presente artigo pretende questionar, analisar e interpretar as
fontes literárias, nomeadamente a literatura de viagens, como contributo para a
reconstituição de tipos sociais à luz da História da Arte. Para tal utilizámos, como
caso de estudo, a figura do galego, glosada ao longo do século XX português na
literatura nacional. Corresponderá essa figura, imagem ou identidade, à que os
estrangeiros de visita a Portugal constroem com os seus relatos e registos, escritos e visuais? Para responder a esta questão propomos o recorte de descrições e expressões que podem contribuir para a construção de uma «iconografia de identidade» desse grupo social que a imigração conduziu ao nosso país em sucessivas vagas e gerações ao longo de oitocentos.
PALAVRAS-CHAVE: galego, identidade, iconografia, literatura, viagem.

ABSTRACT: The present article aims to question, analyze and interpret
literary sources, namely the travel literature, as a contribution to the reconstitution of social types with the discipline of History of Art. We use as a case study, the Galicians, noticed and documented throughout the 20th century by the Portuguese writers. Does this figure, image or identity correspond to what foreigners visiting Portugal during the same century construct with their written and visual reports and records? To answer this question, we propose to focus on descriptions that can contribute to the construction of an «iconography of identity» of this social group that immigration has led to our country in successive waves and generations during the XIXth century.
KEYWORDS: galician, identity, iconography, literature, travels.

Downloads

Publicado

2019-05-24