MEDIAÇÃO DA INFORMAÇÃO EM COMUNIDADES QUILOMBOLAS

Cleyciane Cássia Moreira Pereira, Maria Isabel de Jesus Sousa Barreira, Jaires Oliveira Santos, Fernanda Xavier Guimarães

Resumo


Proposta de mediação da informação para comunidades quilombolas. Espaços que em geral abrigam descendentes de negros escravizados e possuem os mais elevados índices de pobreza extrema em solo brasileiro. Nesse sentido, a pesquisa, em curso, desenvolvida no doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Bahia, tem como campo empírico a Comunidade de Itamatatiua, Alcântara, Maranhão, cujo objetivo primaz é analisar as necessidades informacionais das Comunidades Quilombolas voltadas à otimização da produção, acesso e uso da informação pelas mulheres quilombolas. Para essa investigação, adotar- -se-á a pesquisa-ação, fazendo uso das entrevistas semi-estruturadas, da observação participante e do diário de campo como instrumentos para coleta de dados, os quais serão interpretados por meio da análise de conteúdo. Defende-se que os conceitos epistemológicos e as práxis da CI possam auxiliar essas populações pobres e marginalizadas a caminharem ao encontro da emancipação, empoderamento e desenvolvimento de competências humanas/informacionais imprescindíveis para fortalecimento da cidadania.

Palavras-chave: Ciência da Informação; Competência em informação; Comunidades Quilombolas; Mediação em informação


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional
Copyright © 2013 | CIC.Digital (Porto) | Contacto: gabinete_ab@hotmail.com | ISSN 0873-5670 | eISSN 2183-6671 | D.O.I. 10.21747/21836671/pag