A vista da ponte das pessoas que vão em fila a caminho do céu

um relance sobre a composicionalidade das palavras complexas do chinês e do português

Authors

  • João Veloso

Abstract

A composicionalidade, enquanto princípio semântico que se aplica a unidades complexas
possibilitando a computação do seu significado global a partir dos significados dos seus
constituintes, costuma ser aceite, pelo menos nos estudos sobre línguas indo-europeias, como
uma propriedade das frases. No caso das palavras complexas, o papel da composicionalidade
é admitido de forma muito limitada. Em línguas como o chinês, porém, em que a maior
parte das palavras simples são monossilábicas, gerando uma elevada taxa de densidade
homofónica, a construção de palavras complexas a partir de palavras monossilábicas de
acordo com procedimentos de natureza composicional corresponde a um recurso muito
frequente e muito sistemático. Neste trabalho, a par da necessidade de avaliar princípios
como a composicionalidade de forma diferente consoante a língua em que a observamos,
defenderemos que as palavras complexas do chinês – ao contrário do que sucede nas línguas
indo-europeias – têm uma natureza composicional muito evidente, tal como demonstrado em
inúmeros estudos anteriores.

Published

2022-11-23