A insustentável sustentabilidade das previsões económicas : reflexividade, etnoeconomia e neoliberalismo

Autores

  • Fernando Ampudia de Haro

Resumo

Este artigo tem por objetivo a análise dos pressupostos habitualmente assumidos na elaboração de previsões económicas e das suas consequências sociais. Procura-se demonstrar, sob a ótica da reflexividade social, que as previsões económicas são centrais para a sociologia quando assumidas como um instrumento performativo do futuro e não descritivo. O artigo ocupa-se da dimensão social das previsões, focando a sua atenção na relação entre previsões e leis económicas, na produção intencional ou não intencional de resultados económicos com base em previsões e na interação entre as previsões e o saber económico de senso comum.

Downloads

Publicado

2015-12-01