Rituais familiares : práticas e representações sociais na construção da família contemporânea

Autores

  • Rosalina Costa

Resumo

Este artigo procura contribuir para o questionamento e a discussão crítica em torno da teorização sociológica recente que apresenta a família contemporânea como uma categoria ‘efémera’, ‘fluida’ e ‘frágil’. A opção por estudar as práticas familiares, concretamente os rituais, combinada com uma abordagem metodológica qualitativa, intensiva e em profundidade, permitiu estabelecer e desenvolver o argumento principal aqui apresentado: as teorias da desinstitucionalização, individualização e risco são insuficientes para a compreensão do que é hoje a família, e é necessária uma abordagem mais texturada, que permita captar o seu significado enquanto espaço simultaneamente físico, relacional e simbólico

Downloads

Publicado

2014-12-01