Fundos de conhecimento e egoredes : traduzindo uma abordagem teórico-metodológica

Autores

  • Filipa Ribeiro

Resumo

Este artigo faz uma reflexão interdisciplinar sobre a relação entre a análise de redes sociais e os fundos de conhecimento de investigadores e professores de ensino superior. Argumenta-se que a criação de conhecimento e a sua disseminação podem ser pensadas como e através dos processos de tradução. Esses processos existem e acontecem através de fundos de conhecimento, os quais podem ser medidos e descritos, na sua estrutura e conteúdo, através das redes pessoais dos atores que produzem esse
conhecimento. Salienta-se a dimensão epistémica das redes de conhecimento, em particular das egoredes.

Downloads

Publicado

2014-12-01