Panoramas umbrais da modernidade : autoidentidade e o dissensu matrimonial em Anthony Giddens

Autores

  • Antônio Augusto Oliveira Gonçalves
  • Daniella Santos Alves

Resumo

A presente composição textual centra-se na reflexão da autoidentidade, buscando compreender a confluência entre os aspetos íntimos da existência humana e a sociedade moderna por meio do prisma analítico de Anthony Giddens. A dinamicidade dos quadros modernos consubstancia a fluidez das relações sociais, expressada na figura do divórcio. Nos âmbitos conflituais, os agentes têm a possibilidade de transformar e urdir novos matizes a trama social. Na busca de sua autoidentidade, do reconhecimento do “eu”, posterior à superação dos contextos de crise, o indivíduo mobiliza distintas iniciativas, contribuindo assim na ressignificação ativa do universo da atividade social à sua volta, a estruturação.

Downloads

Publicado

2016-05-24