Estimando a Elasticidade do Efeito da Assiduidade às Aulas no Mérito Académico consoante a Classe Social no Ensino Superior Português

Autores

  • Maria de Lurdes Fonseca

Resumo

As regras para a avaliação dos estudantes introduzidas pelo Processo de Bolonha em Portugal levaram, nos últimos anos, à reintrodução paulatina da avaliação da assiduidade às aulas, o que ampliou o interesse do seu estudo sociológico e levantou a questão da sua eventual natureza classista. Se, tanto as relações que a classe social, como as relações que a assiduidade às aulas estabelecem com o mérito académico, são bem conhecidas dos sociólogos, menos bem se conhece, quer a relação entre a assiduidade e a classe social, quer a amplitude da elasticidade do efeito da assiduidade no mérito académico em situações de classe específicas. Este estudo sugere que a amplitude dos efeitos positivos do estímulo à assiduidade no Ensino
Superior português e a distinção social dos alunos variam em sentido inverso, ao contrário do que se poderia antecipar.

Downloads

Publicado

2012-12-31