Précarités : les effets de la rupture du lien social

Autores

  • Augusto Santos Silva

Resumo

Desde o século XVIII e até à atualidade, o pensamento social e a teoria sociológica vêm produzindo importantes reflexões sobre a relação entre os processos de individualização e de integração social. Estas reflexões constituem um bom ponto de partida para abordar a questão da precariedade, considerando-a no quadro da rutura dos laços sociais e examinando os seus efeitos sobre a segurança, a liberdade e a identidade dos agentes. Sugerem também orientações para a ação institucional e profissional: devemos opor à multiplicação das precariedades o reforço dos múltiplos laços que ligam os sujeitos, sem anular a autonomia individual de cada um.

Downloads

Publicado

2016-06-30