Conceitos e métodos para a avaliação de programas sociais e políticas públicas

Autores

  • Mauro Serapioni

Resumo

A avaliação de políticas públicas difundiu-se nos anos de 1960 e passa hoje por um processo de rápida disseminação, diversificação teórico-metodológica e controvérsias entre as diversas perspetivas epistemológicas. Este artigo analisa as questões-chave que deveriam nortear as avaliações, apresenta as principais abordagens avaliativas desenvolvidas nos últimos 50 anos (positivista experimental, pragmatista da qualidade e construtivista) e os modelos que resultaram da contaminação entre elas. Na conclusão apresentam-se alguns pontos de tensão persistentes nas discussões sobre avaliação.

Downloads

Publicado

2016-06-30