Redes pessoais em Portugal numa perspetiva do percurso de vida

Autores

  • Rita Gouveia

Resumo

Neste artigo investigamos a pluralização das redes pessoais em Portugal numa perspetiva do percurso de vida. Tendo por base uma amostra representativa de indivíduos de três coortes de nascimento,
pretende-se mapear a diversidade de configurações das redes baseando-nos nos tipos de laço incluídos.
Através de uma análise de clusters identificámos sete tipos de configurações, as quais estão associadas a perfis sociais distintos, revelando o papel determinante da coorte de  nascimento, mas também de fatores estruturais e familiares.

Downloads

Publicado

2016-10-30