Teatro do oprimido como ferramenta de inclusão social no bairro Horta da Areia em Faro

Autores

  • Vânia Martins
  • Emilio Lucio-Villegas

Resumo

Quando foi criado o bairro Horta da Areia, em Faro, pretendia ser uma solução provisória para albergar famílias das ex-colónias africanas, resistindo até hoje com manifestos problemas de segurança, sanidade, pobreza e exclusão social. No presente artigo expõem-se algumas das características das famílias do bairro e uma metodologia que tem vindo a ser utilizada desde 2010 no trabalho com as crianças e jovens: o teatro do oprimido. Assim, reflete-se sobre os efeitos dessa abordagem num grupo de jovens, expondo o que poderá trazer de novo para os seus residentes, nomeadamente se a atividade for alargada a toda a família, no sentido de colmatar a desunião entre as famílias e o pouco sentido de comunidade.

Downloads

Publicado

2017-05-10