As lutas religiosas do ponto de vista de uma sociologia da incorporação : o corpo sacerdotal (católico) entre doutrina e inovação

Autores

  • Charles Suaud

Resumo

O autor propõe uma releitura de toda uma série de investigações sobre a sociologia dos padres (católicos) do ponto de vista de uma sociologia da incorporação da cultura clerical. Um trabalho inicial sobre os padres rurais tinha destacado o corpo como objecto privilegiado de inculcação de disposições que permitem tornarse servidor de uma ortodoxia religiosa. A análise do movimento de contestação dos padres operários, a partir do fim da guerra 1939-1945, prolonga no sentido oposto da subversão o que a primeira investigação tinha estabelecido. Forjando-se um corpo de trabalhador manual, os padres operários transformaram os princípios teológicos que os seminários tradicionais inculcavam fazendo dos padres homens separados e do sacerdócio um estado de uma natureza radicalmente diferente do da laicidade. O texto analisa o que faz a força – mas também as ambivalências – de tais “subversões pelo corpo” e conclui por uma formulação renovada do profetismo como uma combinação particular, necessariamente instável e móvel, entre três estados – incorporado, instituído e objectivado – de uma cultura religiosa.

Downloads

Publicado

2017-05-16