Centros históricos e sustentabilidade cultural das cidades

Autores

  • Paula Peixoto

Resumo

Os “centros históricos” constituem um elemento central de uma nova sintaxe do
espaço urbano. Enquanto objecto de estudo, são um instrumento privilegiado para analisarmos a dialéctica urbana da permanência e da mudança e para apreendermos a cidade no seu todo. É um objecto que permite, ao mesmo tempo, dar conta do hiato entre a cidade imaginada e ensaiada pelos projectos e a cidade vivida. São estes desafios que nos levam a equacionar a questão dos “centros históricos” e da sustentabilidade cultural das cidade em três dimensões. No contexto das imagens que os projectos e as políticas de transformação urbana difundem e no modo como estas novas imagens se combinam ou entram em ruptura com imagens dominantes. No contexto dos fluxos turísticos e das dinâmicas do mercado urbano de lazeres. E, por fim, no contexto das intervenções urbanísticas e do significado social dessas intervenções.

Downloads

Publicado

2017-06-02