A cidade, os municípios e as políticas

Autores

  • José Alberto Rio Fernandes

Resumo

A propósito dos novos desafios das cidade-metrópole em rápida reestruturação,
toma-se o Porto como exemplo, para sustentar a necessidade de considerar um espaço urbano alargado, no caso constituído por diversos municípios. Uma nova entidade político-administrativa, coincidente no caso com o “Grande Porto”, deveria favorecer a afirmação nacional e internacional da metrópole - com vantagens para o país - e encontrar as respostas às necessidades de coordenação das políticas, tendo em vista, designadamente, o alargamento a um número crescente de pessoas de uma cidadania cada vez mais multimunicipal.
A propósito dos efeitos da descoordenação actual, realçam-se aspectos associados a velhos e novos conflitos de natureza territorial, seja entre centro e periferia e entre lado ocidental e lado oriental, ou associados à emergência de novas dualidades entre território de tipo “ilha” e vastos “oceanos de indiferença” que parecem reforçar a desigualdade de base espacial no uso da cidade (por vezes incentivada pela administração central e local), colocando graves problemas cuja resposta é de escala necessariamente metropolitana.[...]

Downloads

Publicado

2017-06-02