The Sámi Library, North of the North: colonialism, resistance and reading in a public library

Autores

  • Paula Sequeiros

Resumo

As pessoas sámis da Suécia, bem-vindas enquanto leitoras da língua principal, revelam-se insatisfeitas pelo estatuto relegado da sua cultura enquanto minoria étnica. A Biblioteca Sámi de Jokkmokk é dedicada à cultura sámi e ao Sápmi. Enquanto que a cultura sámi resiste e se transfigura, os arranjos neoliberais, a privatização de serviços públicos, as leis novas da língua e o projeto de lei das bibliotecas colocaram desafios adicionais à Biblioteca Sámi. Este estudo de caso é usado para discutir o que é uma biblioteca indígena. Admitir a existência de um passado colonial e requerer um reconhecimento respeitoso são exigências fundamentais aqui avançadas para um uso democrático dos recursos documentais e a realização dos direitos culturais.

Downloads

Publicado

2017-12-07