Conhecer a doença: os doentes em primeiro lugar

Autores

  • Paula Silva

Resumo

Habitualmente, a vivência do cancro pelos doentes não se reflete no compromisso biomédico em restabelecer a saúde. O artigo explora esta problemática pela análise de narrativas de doentes oncológicos, com recurso a uma estratégia de investigação-ação enquadrada numa abordagem contemporânea da Grounded Theory. Tal permitiu compreender a construção pessoal e social do cancro, bem como viabilizou a produção multidisciplinar de booklets sobre a doença. Foram realizadas 133 entrevistas semiestruturadas a doentes com cancros da mama, pulmão, cólon, esófago, próstata, tiroide, bexiga e estômago.

Downloads

Publicado

2019-01-30