Alianças e conflitos nos segmentos artísticos relativamente especializados: o caso do rock independente de Teresina no início do século XXI

Autores

  • Thiago Meneses Alves

Resumo

O artigo objetiva analisar as dinâmicas de interação entre os agentes e instâncias que compõem os segmentos artísticos especializados a partir de dois polos: as alianças e os conflitos. Tomou-se como realidade empírica um segmento de rock autoral da cidade brasileira de Teresina. A recolha de dados foi feita a partir da aplicação de 32 entrevistas semiestruturadas a um conjunto de agentes que ali atuam ou atuaram no decorrer do período temporal delimitado para a análise. Este microcosmo social configura um arranjo de caráter ambivalente, onde a coesão relativa, alicerçada num conjunto de ações de caráter associativo, existe simultaneamente a uma série de disputas que desvelam as buscas por hegemonia.

Downloads

Publicado

2019-01-30