Research and knowledge networks in the European Network for Housing Research

Autores

  • Teresa Sá Marques
  • Fátima Matos
  • Joana Pinheiro

Resumo

A presente pesquisa tem como objetivo analisar as grandes linhas de investigação que dominam na Europa em matéria de habitação. Como fonte de informação foi selecionada uma das principais redes de investigação europeia na área da habitação a European Network for Housing Research (ENHR).

Esta pesquisa pretende responder às seguintes questões em matéria de investigação em habitação:

- Que posição os diferentes países europeus têm no sistema de investigação a nível internacional? Que instituições europeias são centralizadoras das redes de investigação na área da habitação? As redes de produção de conhecimento privilegiam que ligações inter-institucionais? Que temas dominam na investigação europeia? Que instituições e redes são emergentes na investigação habitacional?

Para responder a estas questões compilamos numa base de dados todas as comunicações das conferências da ENHR, de 2007, 2009, 2011 e 2012, totalizando 1212 comunicações. A base de dados construída contém todas as comunicações, organizadas em torno dos seguintes atributos: ano, título, tema, autores, instituição do autor(es) e país(es) do autor(es). Em termos de atributos relacionais adotámos a produção de investigação desenvolvida de forma inter-institucional (autores pertencentes a diferentes instituições) ou envolvendo redes inter-países (autores residentes em diferentes países). Por outro lado, o facto de cada comunicação em cada colóquio anual estar classificada em diferentes temas, permite uma análise focada na filiação temática, ou seja uma sistematização das redes cognitivas em matéria de investigação na habitação.

Neste sentido, em termos de redes de conhecimento em matéria de investigação no domínio da habitação nas Conferências da European Network for Housing Research analisamos:

- as centralidades e as proximidades organizacionais, através da identificação das instituições centrais e periféricas e dos clusters inter-institucionais da ENHR;

- as centralidades e as proximidades geográficas, através da identificação dos países centrais e periféricos na investigação e dos principais clusters inter-países da ENHR;

- as centralidades e as proximidades cognitivas, através da identificação dos autores integrados nos sub-temas das Conferências da ENHR, avaliando os autores fortemente especializados e os autores que ligam diferentes temáticas de investigação.

A análise de rede foi realizada através da utilização do programa NodeXl, ferramenta que serve para apoiar o estudo das redes sociais.

Downloads