RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS E EDUCAÇÃO ABERTA NA SOCIEDADE EM REDE

Autores

Resumo

Vivemos um novo paradigma social denominado por sociedade em rede, onde a informação circula intensamente através de redes mediadas pela tecnologia digital. Os estilos de vida possibilitados por esta nova organização social determinam igualmente o acesso ao conhecimento e à reconfiguração de processos relacionais, o que nos traz grandes desafios, mas também oportunidades de aprender e evoluir para melhor respondermos às nossas necessidades, pessoais ou profissionais. Assim, confere-nos poder no acesso ao conhecimento e integra-nos numa cultura participativa online. Neste âmbito, é essencial considerar novos caminhos para as aprendizagens, diferentes e inovadores, que respondam às necessidades dos indivíduos ao longo da sua vida. Assumimos, então, como finalidade deste ensaio refletir sobre Recursos Educacionais Abertos e Educação Aberta no contexto dos novos estilos de vida, ou seja, na atual sociedade em rede, explorando como as novas necessidades de aprender se cruzam com as dinâmicas sociais possibilitadas pela vida online.

Palavras-chave: Cultura participatória; Educação aberta, Recursos educacionais abertos, Sociedade em rede.

Biografias Autor

Teresa Margarida Loureiro Cardoso, Universidade Aberta - LE@D-Laboratório de Educação a Distância e e-Learning

Docente da Universidade Aberta desde 2007 no Departamento de Educação e Ensino a Distância, onde leciona em cursos de graduação e pós-graduação, e orientando projetos de pós-doutoramento, teses de doutoramento e dissertações de mestrado. É investigadora integrada na UID-FCT n.º 4372, Laboratório de Educação a Distância e eLearning  (LE@D), colaborando em projetos, nacionais e internacionais, e participando na organização de eventos científicos. É formadora creditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua do Ministério da Educação, autora e editora de publicações. Integra comissões científicas/editoriais, e é coordenadora científica da Rede WEIWER®. Foi corresponsável pela implementação do Programa Wikipédia na Educação em Portugal, nomeadamente pela primeira integração curricular portuguesa, enquadrada no Programa Wikipédia na Universidade. Ao nível da investigação, interessa-se ainda pela educação aberta, jogos e aprendizagem móvel, metodologias de investigação, e TIC em contextos educacionais.

João Paulo Pinto, Universidade Aberta - LE@D-Laboratório de Educação a Distância e e-Learning

É investigador colaborador no LE@D - Laboratório de Educação a Distância e Elearning(Universidade Aberta) e no CIAC - Centro de Investigação em Artes e Comunicação(Universidade do Algarve). Licenciado em Educação – Minor em Pedagogia Social e daFormação, mestre em Ciências da Educação – Pedagogia do eLearning, e doutorando emMédia-Arte Digital (Universidade Aberta / Universidade do Algarve). Colabora ainda comvários grupos de trabalho, participando regularmente em eventos científicos (inter)nacionaise é (co)autor de vários trabalhos publicados em livros, revistas, atas. Interessa-se pela
investigação nas áreas das Competências Digitais, Qualificações, Educação de Adultos,Educação Aberta e Online, Redes Sociais, Novas Literacias.

Downloads

Publicado

2021-07-03

Edição

Secção

PECHA KUCHA - CONFOA