VODAN BR: a gestão de dados no enfrentamento da pandemia coronavírus

Autores

  • Viviane Veiga Fundaçao Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)
  • Maria Luiza Campos Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Carlos Roberto Lyra da Silva Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • Patricia Henning Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
  • João Moreira Universidade de Twente

Resumo

O mundo está vivenciando uma pandemia provocada pela variante do Coronavírus nomeado SARS-CoV-2, causando a doença infecciosa COVID-19. Ações globais estão sendo realizadas no combate a esse vírus, dentre as quais a Virus Outbreak Data Network (VODAN), que visa estabelecer uma infraestrutura de dados federada alinhada aos princípios FAIR e que apoie a coleta de dados de prontuários de pacientes infectados por vírus de alto contágio. A FIOCRUZ, que coordena a rede GO FAIR Brasil Saúde, assumiu a rede VODAN BR em parceria com a UNIRIO e UFRJ, com a participação inicial dos hospitais Gaffrée e Guinle, Municipal São José e o Israelita Albert Einstein. Este artigo objetiva apresentar a infraestrutura nacional alinhada às diretrizes e à rede internacional, para coleta e gestão de dados de prontuários de pacientes, desses hospitais, infectados com a COVID-19, para estabelecer modelo informacional que apoie o enfrentamento desta e de outras possíveis pandemias.

Palavras-chave: Coronavírus; Gestão de Dados; Princípios FAIR; SARS-CoV-2; VODAN.

Biografia Autor

Patricia Henning, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Professora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO

Downloads

Publicado

2021-07-03

Como Citar

Veiga, V., Campos, M. L., Silva, C. R. L. da, Henning, P., & Moreira, J. (2021). VODAN BR: a gestão de dados no enfrentamento da pandemia coronavírus. Páginas a&b: Arquivos E Bibliotecas, 51–58. Obtido de https://ojs.letras.up.pt/index.php/paginasaeb/article/view/10220

Edição

Secção

COMUNICAÇÃO - CONFOA