O QUE UMA COMUNIDADE ACADÊMICA DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GOSTARIA DE SABER SOBRE INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE?

Autores

  • Bruno Santana da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Willian Talles Marcolino Dantas Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Palavras-chave:

Acessibilidade, Inclusão, Necessidade informacional

Resumo

O Instituto Metrópole Digital da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Brasil, oferece cursos técnicos, superiores e de pós-graduação na área de Tecnologia da Informação. Sua grande comunidade acadêmica tem recebido cada vez mais estudantes com deficiência e outras necessidades específicas. Este trabalho teve por objetivo identificar as necessidades informacionais sobre inclusão e acessibilidade de docentes, servidores e estudantes desta comunidade acadêmica. O método empregado foi o survey, com um questionário online distribuído de janeiro a março de 2021. Houve resposta de aproximadamente 10% da comunidade, com 194 respondentes num universo de aproximadamente 2,2 mil pessoas. Uma análise quantitativa dos dados revelou que as necessidades informacionais dos três perfis de participantes apresentam tendência geral similar, valorizando mais o suporte dentro da universidade do que fora dela. Contudo, foram observadas variações na importância atribuída às informações nos diferentes perfis, e entre estudantes com e sem necessidade específica. Os sistemas de informação que atenderem a essas necessidades informacionais devem acomodar essas diferenças, priorizando as informações de forma adequada a cada pessoa.

Referências

BORGES, M. L. {et al.] 2017 Desafios institucionais à inclusão de estudantes com Necessidades Educativas Especiais no Ensino Superior. Revista Portuguesa de Educação. 30:2 (2017) 7-31.

BOTELHO, M. F. C.; MENEZES, N. C. 2022 Acessibilidade nas bibliotecas da Universidade Federal da Bahia. Revista Informação na Sociedade Contemporânea. 6:1 (2022) e27519.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial 2008 Política Nacional de Educação Inclusiva. [Em linha]. 2008. [Consult. 15 ago. 2023]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/politicaeducespecial.pdf.

BRASIL. Leis, decretos, etc. 2015 Lei nº 13.146, de 06 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. [Em linha]. 2015. [Consult. 15 ago. 2023]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm.

CABRAL, L. S. A. 2017 Inclusão do público-alvo da Educação Especial no Ensino Superior brasileiro: histórico, políticas e práticas. Revista de Educação PUC-Campinas. 22:3 (2017) 371-387.

CABRAL, L. S. A.; MELO, F. R. L. V. 2017 Entre a normatização e a legitimação do acesso, participação e formação do público- -alvo da educação especial em instituições de ensino superior brasileiras. Educar em Revista. spe.3 (2017) 55-70.

CASSARRO, A. C. 2018 Sistemas de informações para tomada de decisões. 4ª ed. São Paulo: Cengage Learning, 2018.

CIANTELLI, A. P. C.; LEITE, L. P. 2016 Ações Exercidas pelos Núcleos de Acessibilidade nas Universidades Federais Brasileiras. Revista Brasileira de Educação Especial. 22:3 (2016) 413-428.

COSTA, A. C. A. 2023 Mediação na biblioteca da Escola de Aplicação da Universidade Federal do Pará (EAUFPA). Informação em Pauta. 8: Especial (2023) 69-84.

DINIZ, I. C.; ALMEIDA, A. M.; FURTADO, C. C. 2017 Os Desafios e as Barreiras das Bibliotecas Universitárias Brasileiras e Portuguesas no Processo de Inclusão e Acessibilidade. Páginas a&b: arquivos e bibliotecas. 3ª série, nº especial (2017) 53-74.

FARIAS, R. A. N.; GALINDO, M. L. 2017 Análise de Comportamento do Uso de Repositórios Digitais de Universidades Federais Brasileiras. Páginas a&b: arquivos e bibliotecas. 3ª série, 6 (2017) 3-18.

FINK, A. 2003 The Survey Handbook. 2nd ed. London: SAGE, 2003.

GIL, A. C. 2022 Como elaborar projetos de pesquisa. 6ª ed. São Paulo: Atlas, 2022.

MACIEL, C. E.; BUYTENDORP, A. A. B. M.; MENESES, S. Q. 2018 Políticas de Educação Especial e Educação Superior: acesso e permanência para estudantes com deficiência em uma universidade federal. Plurais: revista multidisciplinar. 3:3 (2018) 114-135.

MARINHO, M. M. M. 2021 Acessibilidade informacional para músicos com deficiência visual. Fortaleza, 2021. Dissertação de Mestrado - Universidade Federal do Ceará.

MARTÍNEZ-SILVEIRA, M.; ODDONE, N. 2007 Necessidades e comportamento informacional: conceituação e modelos. Ciência da Informação. 36:2 (2007) 118-127.

MARTINS, M. H. V.; MELO, F. R. L. V.; MARTINS, C. 2021 Serviços para estudantes com deficiência nas Universidades: dificuldades e desafios. Educação em Revista. 37 (2021) e27022.

MATTOS, A. C. M. 2017 Sistemas de informação. São Paulo: Saraiva Educação, 2017.

MELO, F. R. L. V.; SILVA, B. S.; ANDRADE, A. F. 2020 Direito à Acessibilidade: avanços e desafios da UFRN. In COSTA, A. D. L.; SARMENTO, B. R. - Tecendo pontes: interfaces e lugares de acessibilidade. 1ª ed. João Pessoa: Editora UFPB, 2020, p. 120-132.

ONU 2015 2030 Agenda for Sustainable Development. [Em linha]. 2015. [Consult. 15 ago. 2023]. Disponível em: https://www.un.org/sustainabledevelopment/.

ONU 2023 Convention on the Rights of Persons with Disabilities. [Em linha]. 2023. [Consult. 15 ago. 2023]. Disponível em: https://social.desa.un.org/issues/disability/crpd/convention-on-the-rights-of-persons-with-disabilities-crpd.

PINHEIRO, L. N. G. 2019 Políticas, perspectivas e práticas para a inclusão de estudantes com necessidades educativas especiais no ensino superior. Porto, 2019. Dissertação de mestrado - Universidade do Porto.

RIBEIRO, D. M.; GOMES, A. M. 2017 Barreiras atitudinais sob a ótica de estudantes com deficiência no ensino superior. Práxis Educacional. 13:24 (2017) 13-31.

ROCHA, J. A. P.; DUARTE, A. B. S.; PAULA, C. P. A. 2017 Modelos de práticas informacionais. Em Questão. 23:1 (2017) 36-61.

SANTOS, E. [et al.] 2015 Inclusão no Ensino Superior: perceções dos estudantes com Necessidades Educativas Especiais sobre o ingresso à universidade. Revista Portuguesa de Educação. 28:2 (2015) 251-270.

SANTOS, F. B.; MARTINS, M. F. S. 2016 Comportamento Informacional de Profissionais da Área de Meteorologia do Brasil e de Portugal: um estudo exploratório. Páginas a&b: arquivos e bibliotecas. 3ª série, nº especial (2016) 73-86.

SANTOS, S. K. S. L. 2022 Práticas informacionais de pessoas surdas. Revista Informação na Sociedade Contemporânea. 6:1 (2022) e27662.

SANTOS, S. K. S. L. 2020 Usuários surdos e acessibilidade à informação em sítios web do governo brasileiro. Informação em Pauta. 5:1 (2020) 219-220.

SCHMIT, M. R.; ROMANINI, M. 2020 Percepções de docentes do ensino superior sobre a inclusão de acadêmicos com deficiência. Aprender: Caderno de Filosofia e Psicologia da Educação. 23 (2020) 133-152.

SILVA, B. S.; ANDRADE, A. F. 2019 Como docentes da UFRN abordaram o tema deficiência em pesquisa e extensão dez anos antes das cotas? Educação. 44 (2019) e35/1-35.

SILVA, B. S.; SILVA, P. V. M. 2021. O comportamento informacional no tratamento de feridas é o mesmo em todo o Brasil? Páginas a&b: arquivos e bibliotecas. 3ª série, 16 (2021) 218-235.

SILVA, B. S.; SILVA, P. V. M. 2022. O Comportamento informacional no tratamento de feridas varia conforme a formação em enfermagem? Páginas a&b: arquivos e bibliotecas. 3ª série, 18 (2022) 83-98.

SILVA, F. S. [et al.] 2020 Educação profissional e a inclusão de pessoas com deficiência: um mapeamento sistemático. Revista brasileira da educação profissional e tecnológica. 1:18 (2020) e8199-e8199.

SILVA, H. O. 2014 Construção do sítio virtual para democratização da informação para pessoas com deficiência no Estado da Paraíba. João Pessoa, 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade Federal da Paraíba.

SOUSA, F. M. N. 2021 A Inclusão de alunos com necessidades educativas especiais: recorte panorâmico no ensino superior português. Madeira, 2021. Dissertação de Mestrado - Universidade da Madeira.

SOUZA, M. P. [et al.] 2022. Docentes no ensino superior: ressignificando as diferenças. Revista Educação Especial. 35 (2022), e34/1-22.

VIEIRA, E. R.; GOMES, M. R. O.; HAIASHIDA, K. A. 2022 Deficiência e Ensino Superior: integração e inclusão na FECLESC. Revista Eletrônica Científica Ensino Interdisciplinar. 8:28 (2022).

WILSON, T. D. 2000 Human information behavior. Informing science. 3:2 (2000) 49-56.

WILSON, T. D. 1981 On user studies and information needs. Journal of documentation. (1981).

Downloads

Publicado

2023-12-29

Como Citar

Silva, B. S. da, & Dantas, W. T. M. (2023). O QUE UMA COMUNIDADE ACADÊMICA DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GOSTARIA DE SABER SOBRE INCLUSÃO E ACESSIBILIDADE?. Páginas a&b: Arquivos E Bibliotecas, 347–360. Obtido de https://ojs.letras.up.pt/index.php/paginasaeb/article/view/13481

Edição

Secção

Artigos