VOCABULÁRIO CONTROLADO E FOLKSONOMIA

possíveis aproximações na representação da informação e do conhecimento

Autores

  • Miguel Ivan Magarzo Arias Universidade Estadual de Londrina (UEL)
  • Raimunda Fernanda dos Santos Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Brígida Maria Nogueira Cervantes Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Palavras-chave:

Etiquetagem Social, Folksonomia, Indexação, Vocabulário controlado

Resumo

O presente trabalho visa refletir a respeito das possíveis aproximações entre a terminologia e a folksonomia na representação e recuperação da informação, objetivando também identificar suas diferenças. A partir de um estudo bibliográfico, exploratório e descritivo com abordagem qualitativa, uma revisão de literatura nacional e internacional contemplando artigos científicos, dissertações, teses e capítulos de livros relacionados a temática é conduzida. Nesse sentido, alguns estudos identificados na literatura que comparam as tags de folksonomia aos termos de vocabulários controlados na indexação de recursos informacionais indicam que eles não são excludentes, mas sim complementares. Conclui-se que os sistemas de etiquetagem social de folksonomia e os vocabulários controlados como produto terminológico compartilham o propósito comum de auxiliar os usuários no armazenamento e compartilhamento, na organização e recuperação dos recursos do seu interesse para que tenham uma melhor experiência informacional.

Biografias Autor

Miguel Ivan Magarzo Arias, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Doutorando do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina.

Raimunda Fernanda dos Santos, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Docente do Departamento de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Brígida Maria Nogueira Cervantes, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Doutora em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Marília. Professora Associada do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Referências

AL-KHALIFA, H. S.; DAVIS, H. C. 2007 Exploring the value of folksonomies for creating semantic metadata. International Journal on Semantic Web and Information Systems. [Em linha]. 3:1 (2007) 13-39. [Consult. 8 jan. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.4018/jswis.2007010102.

BARITÉ, M. G. 2009 Garantía literaria y normas para construcción de vocabularios controlados: aspectos epistemológicos y metodológicos. Scire: representación y organización del conocimiento. [Em linha]. 15:2 (2009) 13-24. [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.54886/scire.v15i2.3709.

BARITÉ, M. G. 2007 La Garantía literaria: vigencia y proyección teórico-metodológica. In ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 8º, 2007, Salvador. Anais... Salvador: Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Ciência da Informação, 2007.

BISCALCHIN, R.; MOREIRA, W. 2020 Construção de vocabulários multilíngues: perspectivas culturais. Perspectivas em Ciência da Informação. [Em linha]. 25:4 (2020) 47-67. [Consult. 15 ago. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-5344/3690.

BOGERS, T.; PETRAS, V. 2017 Supporting book search: a comprehensive comparison of tags vs. controlled vocabulary metadata. Data and Information Management. [Em linha]. 1:1 (2017) 17-34. [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.1515/dim-2017-0004.

BOGERS, T.; PETRAS, V. 2015 Tagging vs. Controlled Vocabulary: which is more helpful for book search? In ICONFERENCE. NewPort Beach, 2015. Proceedings… New Port Beach: iSchools, 2015.

BOWKER, L.; DESLEY, T. 2016 Information science, terminology and translation studies. In GAMBIER, Y.; VAN DOORSLAER, L. - Border crossings: translation studies and other disciplines. Amsterdam, Philadelphia: John Benjamins Publishing Company, 2016.

BRANDT, M.; BRÄSCHER, M. 2010 Folksonomia: esquema de representação do conhecimento? Transinformação. [Em linha]. 22:2 (2010) 111-121. [Consult. 28 abr. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0103-7862010000200002.

BRAZ, M. I. 2020 Panorama das contribuições da terminologia para a Organização do Conhecimento: uma análise das teses e dissertações no Brasil a partir da Teoria da Complexidade. Recife, 2020. Tese de Doutorado - Universidade Católica de Pernambuco.

CABRÉ, M. T. 1995 La Terminologia hoy: concepciones, tendências y aplicaciones. Ciência da Informação. [Em linha]. 24:3 (1995). [Consult. 10 jan. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.18225/ci.inf.v24i3.567.

CATTUTO, C. 2006 Semiotic dynamics in online social communities. The European Physical Journal C: Particles and Fields. [Em linha]. 37:2 (2006) 33-37. [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.1140/epjcd/s2006-03-004-4.

CORBERA, F. F. 2015 Tag recommendation using Folksonomy Information for online sound sharing platforms. Barcelona, 2015. Tese de Doutorado - Universitat Pompeu Fabra.

CORRÊA, R. F.; SANTOS, R. F. 2018 Análise das definições de folksonomia: em busca de uma síntese. Perspectivas em Ciência da Informação. [Em linha]. 23:2 (2018) 1-32. [Consult. 15 ago. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-5344/2571.

CUNHA, M. B.; CAVALCANTI, C. R. O. 2008 Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília: Briquet de Lemos, 2008.

DIAS, C. A. 2000 Terminologia: conceitos e aplicações. Ciência da Informação. [Em linha]. 29:1 (2000) 90-92. [Consult. 10 jan. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.18225/ci.inf.v24i3.567.

FURNER, J. 2010 Folksonomies. In BATES, M. J.; MAACK, M. N. - Encyclopedia of Library and Information Sciences. New York: Taylor and Francis, 2010.

GOLDER, S. A.; HUBERMAN, B. A. 2006 Usage patterns of collaborative tagging systems. Journal of Information Science. [Em linha]. 32:2 (2006) 198-208. [Consult. 20 jul. 2023]. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/0165551506062337.

GUPTA, M. [et al.] 2007 Survey on social tagging techniques. ACM SIGKDD Explorations Newsletter. [Em linha]. 12:1 (2007) 58-72. [Consult. 7 jan. 2023]. Disponível em: https://dl.acm.org/doi/10.1145/1882471.1882480.

GUY, M.; TONKIN, E. 2006 Folksonomies: tidying up tags? D-Lib Magazine. [Em linha]. 12:1 (2006). [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: https://www.dlib.org/dlib/january06/guy/01guy.html.

HALPIN, H.; ROBU, V.; SHEPARD, H. 2006 The Dynamics and semantics of collaborative tagging. In SEMANTIC AUTHORING AND ANNOTATION WORKSHOP, Athens, 2006 – Proceedings… Athens: SAAW, 2006.

HOTHO, A. [et al.] 2006 Information retrieval in folksonomies: search and ranking. In EUROPEAN CONFERENCE ON THE SEMANTIC WEB, 3rd, Budva, 2006 – Proceedings… Budva: Springer-Verlag, 2006.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION 2011 ISO 25.964: information and documentation: thesauri and interoperability with other vocabularies. Part 1: thesauri for information retrieval. Genève: ISO, 2011.

KREBS, L. M.; LAIPELT, R. C.; ROSA, S. S. 2018 O Uso da folksonomia na atualização de vocabulários controlados da área da pediatria. Prisma.com. [Em linha]. 36 (2018) 59-77. [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/64515.

LARA, M. L. G. 1993 A Representação documentária: em jogo a significação. São Paulo, 1993. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo.

LEE, J. M. E. 1976 Wyndham Hulme: a reconsideration. In RAYWARD, W. B. - The Variety of librarianship: essays in honour of John Wallace Metcalfe. Sydney: Library Assn. of Australia, 1976.

MAI, J. 2011 Folksonomies and the new order: authority in the digital disorder. Knowledge Organization [Em linha]. 38:2 (2011) 114-122. [Consult. 22 Ago. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.5771/0943-7444-2011-2-114.

MARLOW, C.; NAAMAN, M.; BOYD, D.; DAVIS, M. 2006 HT06, Tagging Paper, Taxonomy, Flickr, Academic Article, ToRead. In ACM CONFERENCE ON HYPERTEXT AND HYPERMEDIA, Odense, 2006. – Proceedings… Odense: ACM, 2006.

MURUGESAN, S. 2007 Understanding Web 2.0. IT Professional. [Em linha]. 9:4 (2007). [Consult. 12 jun. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.1109/MITP.2007.78.

NORUZI, A. 2006 Folksonomies: (un)controlled vocabulary? Knowledge Organization. [Em linha]. 33:4 (2006) 199-203. [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: http://eprints.rclis.org/10307/.

PAVEAU, M. A.; SARFATI, G. E. 2006 As Grandes teorias da Linguística: da gramática comparada à pragmática. São Carlos: Claraluz, 2006.

SAGER, J. C. 1990 A Practical course in terminology processing. Amsterdam: John Benjamins Publishing Company, 1990.

SALES, L. F.; CAMPOS, M. L. A.; GOMES, H. E. 2008 Ontologias de domínio: um estudo das relações conceituais. Perspectivas em Ciência da Informação. [Em linha]. 13:2 (2008) 62-76. [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/pci/article/view/22366.

SANDY, H. L. M. 2008 Social tagging in the Web 2.0 environment: author vs. user tagging. Journal of Library Metadata. [Em linha]. 8:2 (2008) 101-115. [Consult. 02 ago. 2023]. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/10911360802087325.

SANTOS, R. F. D.; ALBUQUERQUE, M. E. B. C. 2021 Aplicabilidade da folksonomia na construção e atualização de sistemas híbridos de organização do conhecimento. Ponto de Acesso. [Em linha]. 15:3 (2021). [Consult. 2 mar. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.9771/rpa.v15i3.47473.

SANTOS, R. F. D.; CORRÊA, R. F. 2018 Análise das definições de folksonomia: em busca de uma síntese. Perspectivas em Ciência da Informação. [Em linha]. 23:2 (2018) 1-32. [Consult. 20 ago. 2023]. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/36766.

SARKAR, A.; BHATTACHARYA, U. 2019 Controlled vocabularies versus social tags: a brief literature review. Library Philosophy and Practice. [Em linha]. 3.658 (2019) 1-11. [Consult. 16 jul. 2023]. Disponível em: http://eprints.rclis.org/42585/.

SIQUEIRA, J. C. 2012 A Noção de Ciência da Informação: uma abordagem terminológica. Filologia e Linguística Portuguesa. [Em linha]. 14:1 (2012) 121-140. [Consult. 26 jun. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v14i1p121-140.

SOLER MONREAL, C.; GIL LEIVA, I. 2010 Posibilidades y límites de los tesauros frente a otros sistemas de organización del conocimiento: folksonomías, taxonomías y ontologías. Revista Interamericana de Bibliotecología. [Em linha]. 33:2 (2010) 361-377. [Consult. 12 ago. 2023]. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=179015630004.

SUCHANEK, F. M.; KASNECI, G.; WEIKUM, G. 2008 YAGO: a large ontology from Wikipedia and WordNet. Journal of Web Semantics. [Em linha]. 6:3 (2008) 203-217. [Consult. 17 ago. 2023]. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.websem.2008.06.001.

VAIDYA, P.; HARINARAYAN, N. S. 2016 The Role of social tags in web resource discovery: an evaluation of user-generated keywords. Annals of Library and Information Studies. [Em linha]. 63:4 (2016) 289--297. [Consult. 12 ago. 2023]. Disponível em: http://eprints.uni-mysore.ac.in/4735/.

VAN DAMME C.; COENEN, T.; VANDIJCK, E. 2015 Turning a corporate folksonomy into a lightweight corporate ontology. In INTERNATIONAL CONFERENCE ON BUSINESS INFORMATION SYSTEMS, 11th, Stockholm, 2008. – Proceedings… Stockholm: Springer Verlag, 2015.

VANDER WAL, T. 2007 Folksonomy. [Em linha]. [S.l.]: vanderwal.net, 2007. [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: http://vanderwal.net/folksonomy.html.

VANDER WAL, T. 2005 Explaining and showing broad and narrow folksonomies. [Em linha]. Bethesda, Maryland: vanderwal.net, 2005. [Consult. 22 ago. 2023]. Disponível em: https://www.vanderwal.net/random/entrysel.php?blog=1635.

WOZNIAK-KASPEREK, J. 2014 Terminology as a picture of knowledge organization in a scientific discipline. In INTERNATIONAL ISKO CONFERENCE, 13th, Kraków, 2014 – Proceedings… Kraków: Ergon-Verlag, 2014.

ZAUDER, K.; JADRANKA, L. L.; MIHAELA, B. Z. 2007 Collaborative Tagging Supported Knowledge Discovery. In INTERNATIONAL CONFERENCE ON INFORMATION TECHNOLOGY INTERFACES, Cavtat, 2007 – Proceedings… Cavtat: IEEE, 2007.

Downloads

Publicado

2023-12-29

Como Citar

Arias, M. I. M., Santos, R. F. dos, & Cervantes, B. M. N. (2023). VOCABULÁRIO CONTROLADO E FOLKSONOMIA: possíveis aproximações na representação da informação e do conhecimento. Páginas a&b: Arquivos E Bibliotecas, 199–212. Obtido de https://ojs.letras.up.pt/index.php/paginasaeb/article/view/13568

Edição

Secção

Artigos