A EXAUSTIVIDADE E A ESPECIFICIDADE COMO VALORES ÉTICOS NO PROCESSO DE INDEXAÇÃO: uma análise baseada na literatura disponibilizada em Portugal

Autores

  • Isadora Victorino Evangelista Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP)
  • Maria da Graça Melo Simões Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
  • José Augusto Chaves Guimarães Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP)

Resumo

Resumo: Considerando a natureza mediadora dos processos de organização da informação destaca-se a necessidade da abordagem da dimensão ética destes na recuperação da informação. Propõe-se analisar os conceitos de exaustividade e especificidade enquanto valores éticos na indexação com base na literatura da área disponibilizada em Portugal em bases de dados online. Parte-se de uma abordagem exploratória com o recurso ao levantamento bibliográfico e à análise de conteúdo baseada no método de Bardin. Dos resultados infere-se que os conceitos abordados podem ser valores quantitativos e qualitativos dos termos representativos de um documento, assumindo-se estes como valores éticos da indexação; afetam a recuperação da informação ao estabelecerem a quantidade/diversidade e a expressividade dos termos, dando resposta a uma sociedade culturalmente heterogénea; usados em simultâneo potenciando relações semânticas aumentam a probabilidade da recuperação de documentos, a literatura sobre o tema é escassa e dispersa, pelo que se recomenda um maior investimento no estudo do mesmo.

Palavras-chave: Indexação; Ética na Informação; Especificidade; Exaustividade

Downloads

Publicado

2016-07-25

Edição

Secção

Artigos