LABORATÓRIO DO CIDADÃO: uma oportunidade para debater a mudança das Bibliotecas da Administração Central do Estado?

Autores

  • Paula Ochôa Centro de História d’Aquém e d’Além Mar (CHAM), Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa e Universidade dos Açores
  • Paulo J. S. Barata Biblioteca Nacional de Portugal
  • Rosa Galvão Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades (CIDEHUS), Universidade de Évora
  • Vera Batalha Direção-Geral de Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas (INA)
  • Leonor Gaspar Pinto Centro de História d’Aquém e d’Além Mar (CHAM), Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa e Universidade dos Açores

Resumo

A propósito do lançamento do LabX em outubro de 2016, debate-se a pertinência de se realizar investigação em torno do funcionamento das Bibliotecas da Administração Central do Estado, ligada ao envolvimento dos cidadãos na investigação, conceção e experimentação de novas ideias para a modernização administrativa em Portugal. Apresenta-se uma síntese de estudos realizados no âmbito da convergência das políticas para a sociedade de informação e para a modernização administrativa em Portugal desde 1997, focalizando nos resultados do último estudo realizado em 2015, em que se discutiu uma reflexão estratégica envolvendo quatro grupos de stakeholders e 28 organismos em workshops de futuro, seguida da análise do seu posicionamento. Face aos quatro cenários resultantes: interesse e colaboração; condições diferenciadas e distanciamento, interesse e consolidação dos papéis das secretarias gerais; interesse no desenvolvimento de uma política e estratégia para o setor, equaciona-se se será esta fase de envolvimento do cidadão na investigação a etapa necessária para a mudança.

Palavras-chave: Bibliotecas; Investigação-Ação; Modernização administrativa; Sociedade de Informação

Downloads

Publicado

2017-01-11

Edição

Secção

Artigos