A CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO CONTEXTO DO PARADIGMA PÓS-CUSTODIAL E DA PÓS-MODERNIDADE

Autores

  • Elisângela Vilela dos Santos Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Resumo

Resumo: O presente artigo tem como objetivo discutir brevemente acerca do surgimento e das principais características da Ciência da Informação (CI) dentro do contexto do paradigma pós-custodial e da ciência pós-moderna. Para tanto, fez-se um breve histórico das origens da CI, desde as práticas biblioteconômicas, arquivísticas e documentárias, do paradigma custodial tecnicista às práticas do paradigma pós-custodial e social, vivido posteriormente por essa nova ciência. A partir da análise de literatura foi possível observar a CI como uma ciência pós-custodial e contemporânea, uma ciência preocupada com as questões sociais da informação, dando espaço para um debate em que usuário e sistemas de recuperação da informação não devem ser vistos de forma isolada. No entanto, percebe-se que a CI não rompe completamente como os aspectos técnicos e pragmáticos da modernidade, assumindo, portanto, esse caráter de ciência social e aplicada.

Palavras-chave: Ciência da Informação; Ciência pós-moderna; Paradigma pós-custodial

Biografia Autor

Elisângela Vilela dos Santos, Universidade Federal de Alagoas (UFAL)

Bibliotecária/documentalista na Universidade Federal de Alagoas, atuante no Setor de Tratamento Técnico. Desenvolve atividades de Catalogação, Classificação e Indexação de contúdos informacionais. Trabalha com o Software Pergamum onde desenvolve o gerenciamento de documentos eletrônicos. Desempenha atividades de visita orientada ao estudantes de Biblioteconomia da Universidade e auxilia no estágio obrigatório aos mesmos. Possui mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco. Possui interesse nas seguintes temáticas: Organização e Representação da Informação e do Conhecimento, Visualização da Informação, Comunicação Científica, Bibliometria e Epistemologia da Ciência da Informação.

Downloads

Publicado

2018-12-28

Edição

Secção

Artigos