Estudo exploratório da usabilidade do serviço «e-fatura» com o cidadão sénior

Autores

  • Typhanie Gomes Ferreira Macedo Departamento de Educação e Psicologia, Universidade de Aveiro
  • Ana Isabel Veloso Departamento de Comunicação e Arte, Universidade de Aveiro, Campus de Santiago
  • Liliana Vale Costa Departamento de Comunicação e Arte, Universidade de Aveiro, Campus de Santiago

Resumo

As Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) parecem ter tido impactos positivos nas comunidades seniores e podem ajudar a promover uma vida independente em casa. No entanto, o design das interfaces nem sempre está adaptado a esta população. A obrigatoriedade de entrega de IRS (Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares) via online trouxe uma barreira adicional para os seniores que nunca utilizaram um computador. Os objetivos deste estudo são: 1) Identificar as dificuldades dos seniores na utilização do website; 2) Avaliar a usabilidade do website; 3) Verificar se o website é considerado “amigo” dos seniores. Trata-se de um estudo exploratório e de observação participativa, onde os participantes realizaram tarefas, avaliadas em 5 parâmetros: conclusão das tarefas propostas, tempo para completar a tarefa, tipos de erros, número de erros e pedidos de ajuda, que posteriormente foram comparadas com heurísticas de avaliação. O serviço «e-fatura» apresentou erros que aumentaram as dificuldades dos seniores na sua utilização e por isso, carece de algumas alterações para uma melhor usabilidade.

Palavras-chave: Cidadão sénior, TIC, avaliação heurística, validação de faturas.

Downloads

Publicado

2019-09-02

Edição

Secção

Artigos