Formação de utilizadores em Escolas de Engenharia nas Bibliotecas de Ensino Superior em Portugal: a visão dos profissionais da informação

Autores

  • Rosa Maria Silva Instituto Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, Portugal
  • Maria Manuel Borges Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra/CEIS20, Portugal http://orcid.org/0000-0002-7755-6168

Resumo

A Literacia da Informação é cada vez mais importante na sociedade contemporânea caracterizada por um ambiente de rápidas mudanças tecnológicas e disseminação de recursos de informação e é, por essa razão, reconhecida como uma competência fundamental para o sucesso académico dos estudantes nas Instituições de Ensino Superior. Na atualidade, algumas das principais funções das bibliotecas das Instituições de Ensino Superior são apoiar os estudantes nas suas atividades de aprendizagem e de investigação. Uma vez que as bibliotecas têm um papel ativo no processo educativo, os profissionais da informação precisam de delinear planos de formação para irem ao encontro do seu público-alvo, criar metas e conceber estratégias para medir a eficiência e a qualidade dos serviços prestados. Para apurar a perceção destes profissionais da informação em Escolas de Engenharia em Portugal realizámos um inquérito por questionário. Os resultados permitiram concluir sobre as especificidades deste perfil de utilizador e que ainda existem muitos obstáculos à prática das formações dinamizadas pelas bibliotecas.

Palavras-chave: Formação de utilizadores; Bibliotecas de Ensino Superior; Escolas de Engenharia; Profissionais da informação

Biografia Autor

Rosa Maria Silva, Instituto Politécnico de Viseu - Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, Portugal

Coordenadora da Biblioteca da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu

Downloads

Publicado

2019-12-29

Edição

Secção

Artigos