Taxonomia nas áreas da Biblioteconomia e da Ciência da Informação: uma revisão sistemática

Autores

  • Irlana Mendes Programa de Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará
  • Virginia Bentes Pinto Professora Titular da Universidade Federal do Ceará-UFC. Bacharel em Biblioteconomia- Universidade Federal do Ceará.

Resumo

Apresentamos os resultados da pesquisa cujo objetivo é identificar a presença da taxonomia na literatura cientifica das áreas da Biblioteconomia e da Ciência da Informação. É uma pesquisa exploratória com abordagem de análise quantitativa e qualitativa na qual por meio da revisão sistemática da literatura publicada na Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI), no período de 2016-2019 e na Scopus, com cobertura entre 2017–2019 todas realizadas no primeiro semestre do ano corrente. Na BRAPCI, a estratégia de busca foi: taxonomia AND bibliot, na Scopus adotamos: taxonomy AND a string librar*. Utilizamos o prefixo “librar*” para recuperar todas as variações da palavra “library” e “librarian”. Os resultados evidenciaram 15 artigos que contemplam a taxonomia relacionada a suporte, ferramenta, método, serviço, instrução e organização da informação. Concluímos que a aplicabilidade da taxonomia nessas áreas também se volta aos padrões de classificação e organização da informação em vários segmentos organizacionais.

Palavras-chave: Taxonomia, Ciência da informação, Organização do Conhecimento.

Biografias Autor

Irlana Mendes, Programa de Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará

Mestranda do programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - Universidade Federal do Ceará

Virginia Bentes Pinto, Professora Titular da Universidade Federal do Ceará-UFC. Bacharel em Biblioteconomia- Universidade Federal do Ceará.

Professora Titular da Universidade Federal do Ceará-UFC. Bacharel em Biblioteconomia- Universidade Federal do Ceará. Doutorado em Sciences de l?Information et de la Communication- Institut des Communications et des Média (ICM)- Université Stendhal-Grenoble-3-França (1999). Mestrado em Ciências da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989). Pós-Doutorado em Filosofia-Tratamento cognitivo da informação-Laboratoire de l?Analyse Cognitive de l?Information (LANCI)- Université du Quebec à Montreal- (2006). Estágio Pós- Doutoral no Instituto de Linguistica Aplicada (IULA) da Universidad Pompeu Fabra- Barcelona. Estágio Pós-Doutoral em Direito e Genoma na Cátedra Interuniversitária de Derecho y Genoma Humano- Universidad de Deusto- País Basco (2013). Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Ex-Professora Mestrado Profissional em Políticas Públicas e Gestão da Educação Superior (POLEDUC) e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação das Universidades Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Ex-Coordenadora do Doutorado Interinstitucional em Ciência da Informação- UNESP-CI-Marilia/UFC-DCINF. Pesquisadora -CNPq. Líder do Grupo sobre Representação da Informação- certificado pela-UFC. Vice Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará. Especialização em Informação Tecnológica-Universidade Federal de Santa Catarina (1985). Aperfeiçoamento em Informação Agrícola- Instituto Brasileiro de Informação Cientifica e Tecnológica (IBICT).

Downloads

Ficheiros Adicionais

Publicado

2019-12-29

Edição

Secção

Artigos