A Livraria do Convento de Nossa Senhora da Serra da Arrábida (1542-1834)

Autores

  • Ionel Aurelia Município de Sesimbra
  • Carlos Guardado da Silva Centro de Estudos Clássicos, Faculdade de Letras, Universidade de Lisboa

Resumo

O objeto de estudo do presente artigo incide sobre a formação, a constituição e a organização da coleção da Livraria do Convento de Nossa Senhora da Serra da Arrábida no período de 1542 a 1834. Situada no complexo conventual, no meio da Serra da Arrábida, é uma das poucas livrarias conventuais de Portugal, que preservou tanto o espaço físico, como o núcleo bibliográfico, ainda que este se encontre atualmente integrado no Centro de Documentação da Fundação Oriente. Um conhecimento mais aprofundado e de teor crítico de como a Livraria evoluiu durante a existência do Convento da Arrábida (1539-1834) poderá vir a ser possível, explorando e abordando aspetos que definem qualquer biblioteca enquanto espaço físico e de conhecimento ou memória. Sendo um estudo de natureza qualitativa e quantitativa, e fazendo uso do método investigação documental, permite conhecer a dimensão numérica, a composição temática, a distribuição dos livros por idiomas e séculos, a organização da coleção – aspetos que, de forma concisa, são abordados neste artigo.

Palavras-chave: Biblioteca monástica; Biblioteconomia; Livraria do Convento da Arrábida, Ordem de São Francisco

Downloads

Publicado

2020-05-20

Edição

Secção

Artigos