A Ciência da Informação e a COVID-19: análise de sentimentos dos usuários no Twitter

Autores

  • André Luiz Dias de França Universidade Federal da Paraíba
  • Isaac Newton Cesarino da Nóbrega Alves Universidade Federal da Paraíba - UFPB
  • Dulce Elizabeth Lima de Sousa e Silva Instituto Federal de Sergipe

Resumo

Trata-se de uma pesquisa exploratória com abordagem quantitativa e com o objetivo de observar os níveis de polaridade sentimental dos usuários do Twitter durante o isolamento social. Foi utilizada a linguagem R para aplicar as técnicas de Mineração de Textos e Análise de Sentimentos em um corpus que, tratado e estruturado, foi construído a partir de tweets associados à temática da COVID-19. Os resultados obtidos revelaram que, de um modo global, as pessoas manifestaram um sentimento mais positivo que negativo quando expressaram seu cotidiano na referida plataforma de mídia social.

Palavras-chave: Análise de sentimentos; COVID-19; Mineração de texto; Twitter.

Biografias Autor

André Luiz Dias de França, Universidade Federal da Paraíba

Doutor e Mestre em Ciência da Informação - PPGCI/UFPB. Especialista em Língua Portuguesa - PROLING/UFPB. Graduado em Comunicação Social/Relações Públicas pela Universidade Federal da Paraíba. Interessa-se por Relações Públicas, Análise de Redes Sociais, Fluxo de Informações, Arquitetura da Informação na Web, Tecnologia Digital de Informação e Pesquisa de Opinião Pública. É Servidor Técnico-Administrativo na Superintendência de Infraestrutura da UFPB. É Professor Adjunto no Departamento de Comunicação Social da UFPB.

Isaac Newton Cesarino da Nóbrega Alves, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Técnico em Secretariado da UFPB; Mestando em Ciência da Informação pela UFPB; Bacharel em Arquivologia pela UEPB; Licenciado em Letras pela UFPB.

Dulce Elizabeth Lima de Sousa e Silva, Instituto Federal de Sergipe

Mestre em Gestão da Informação e do Conhecimento do Programa de Pós-graduação de Ciência da Informação da Universidade Federal de Sergipe (PPGCI/UFS). Especialista em Biblioteconomia pela faculdade internacional SIGNORELLI. Graduada em Arquivologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Arquivista do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS/SE) e atualmente é responsável pela coordenadoria de arquivo histórico e memorial e pela coordenadoria de documentos arquivísticos digitais.

 

Downloads

Publicado

2020-12-26

Edição

Secção

Artigos