Comunidades colaborativas, arte e design no quarteirão Miguel Bombarda, Porto

Autores

  • Ana Alves da Silva

Resumo

Neste registo de pesquisa pretendemos analisar o cruzamento das indústrias culturais e criativas,
dos projetos independentes e micro negócios locais, das comunidades colaborativas, da arte e do design
que se geraram no Quarteirão Miguel Bombarda no Porto desde a primeira década do século XXI.
Tomamos por referência o termo habitus de Pierre Bourdieu, por constituir a forma humana de perceber,
julgar e valorizar o mundo consoante uma forma de agir, resultado da experiência biográfica individual,
história coletiva e interação. Apresentamos o marco teórico para um contexto mais alargado sobre a
relevância social da arte e do design que ocupam o espaço público da rua. Desenvolvemos uma proposta
de reflexão enquanto membro ativo da comunidade do Quarteirão Miguel Bombarda com participação
ativa e dentro de seu contexto da vida real. Além do mais, entendemos que é possível pensar o espaço
social coletivo e desenhar soluções capazes de intervir diretamente na sociedade.

Downloads

Publicado

2021-08-09

Edição

Secção

Registos de Pesquisa