Espaços literários e trajetórias intelectuais na Bahia (1880-1920)

Autores

  • Cecilia Sepúlveda
  • Paulo Cesar Alves

Resumo

O artigo tem por principal objetivo  explorar o significado de "espaço literário" como  um componente fundamental do "mundo da literatura" (diferentes  práticas  sociais que possibilitam o fenómeno   literário).  Esses espaços  são  constituídos através  de  redes  de  sociabilidade, cujos membros  compartilham certos interesses comuns. Conferem  "visibilidade social" aos escritores  e geram diferentes públicos, com morfologias, comportamentos, motivações e emoções específicas. Mais especificamente, analisamos a trajetória de cinco  intelectuais/literatos baianos nos espaços criados em Salvador na passagem do seculo XIX para o XX: Manuel Querino, Xavier Marques, Anna Ribeiro Bittencourt, Silva Lima e Jose Manuel Cardoso de Oliveira.

Downloads

Publicado

2019-02-20

Edição

Secção

Artigos