Criatividade e improvisação cultural dez anos depois: uma atualização

Autores

  • Tim Ingold
  • Elizabeth Hallam
  • Patricia Renheimer

Resumo

Mais  de  dez  anos  se  passaram  desde  que  escrevemos   a  introdução  para  o  livro Criatividade e improvisação Cultural.  Tinha sido uma tarefa assustadora, não apenas por causa do carater  variável das nossas palavras-chave. Se era muito  difícil definir  o conceito de cultura; a definição dos  conceitos de criatividade e de improvisação era quase impossível. Estes últimos termos,  no  entanto,  colocaram  desafios  diferentes.   Notamos,  em  2007,  que  o  conceito de criatividade atraia muito  mais atenção critica  do que o conceito de improvisação, e esse continua sendo  o  caso.  A  literatura   sobre  criatividade explodiu, embora  mais  fora  do  que  dentro   da antropologia, em áreas como psicologia cognitiva, inteligência artificial, educação e administração. Discussões  sobre  improvisação, por  outro   lado, permanecem em  grande  parte  confinadas a estudos de desempenho experimental, situados na musica, no teatro e na dança. Distribuídos entre domínios disciplinares separados, cada um ainda e discutido isoladamente passados 10 anos.

Downloads

Publicado

2019-02-20

Edição

Secção

Registos de Pesquisa