Co-Determinação na Escrita-Leitura: enação de um território cartografado na educação a distância

Ana Carolina de Oliveira Salgueiro de Moura, Débora Pereira Laurino

Resumo


Este artigo comunica a cartografia de escreveres de professores-cursistas da Especialização em Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação, produzidos no espaço-contexto da educação a distância e no espaço-suporte das tecnologias digitais. A hipótese que orienta esta cartografia é de que o escrever enatuado co-determina os processos do dar-se-conta, da co-criação e da recursividade, os quais constituem o aprender. Explicita-se aspectos que compõe a Educação a Distância e co-determinam os modos de atuar nesse contexto e discute-se a cartografia, opção metodológica dessa pesquisa, que permite investigar o escrever, não como obra finalizada ou representação de algo pré-determinado, mas como ação. A partir da proposta enativa e da cartografia destes escreveres, constituiu-se o território de compreensão co-determinações da escrita-leitura, o qual emerge pelo dar-se conta dos professores-cursistas e na reflexão sobre o ler e o escrever no educar, como interação e cooperação, ações que se fazem com o outro e potencializam o aprender.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Copyright © 2005 | CIC.DIGITAL-Porto | PRISMA.COM | ISSN 1646-3153  | DOI 10.21747/16463153 | Contacto: prisma.com@letras.up.pt 

 

  

Lista da Revistas