A Guerra Colonial na imprensa portuguesa da Guiné. A cobertura jornalística do conflito feita pelos jornais O Arauto, Notícias da Guiné e Voz da Guiné, entre 1961 e 1974

Sílvia Torres

Resumo


Este artigo centra-se na imprensa portuguesa da Guiné publicada durante a Guerra Colonial. Analisando os jornais O Arauto (1961 a 1968), Notícias da Guiné (1968 a 1970) e Voz da Guiné (1972 a 1974), pretende-se perceber que tipo de cobertura jornalística fez esta imprensa colonial sobre o conflito. A presente investigação, integrada no estudo que está a ser desenvolvido no âmbito do Doutoramento em Ciências da Comunicação, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, visa também recuperar a história do jornalismo então português praticado em tempo de censura (e autocensura), durante a Guerra Colonial e numa das províncias ultramarinas envolvidas no conflito. Este estudo conclui que a imprensa portuguesa da Guiné também serviu as Forças Armadas e que o Governo, da metrópole e da Guiné Portuguesa, se serviu desta imprensa.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Copyright © 2005 | CIC.DIGITAL-Porto | PRISMA.COM | ISSN 1646-3153  | DOI 10.21747/16463153 | Contacto: prisma.com@letras.up.pt 

 

  

Lista da Revistas