Os conceitos de ciência média e concurso divino de Luis de Molina criticados por Domingo Báñez: dois paradigmas

Autores

  • João Rebalde Instituto de Filosofia

DOI:

https://doi.org/10.21747/635

Resumo

Abstract
Luis de Molina reinterprets and develops the concepts of divine concursus and middle science to reconcile man’s free will with divine prescience and omnipotence. These two main concepts of the Concordia were subject to a harsh controversy and criticism, among others by Domingo Báñez in his famous Apologia. Our study aims to examine these two concepts in Molina and in Báñez’s criticism. A new interpretation of the controversy will be proposed, showing that it relies on a different appreciation of divine prescience and omnipotence.
Keywords: Free-will, foreknowledge, omnipotence.
Authors: Luis de Molina; Domingo Báñez


Resumo
Luis de Molina reinterpreta e desenvolve os conceitos de concurso divino e ciência média para afrontar o problema da conciliação entre o livre arbítrio do homem e a presciência e omnipotência divinas. Estes dois conceitos fundamentais da Concordia foram alvo de controvérsia e críticas, sendo de destacar as de Domingo Báñez, através da sua famosa Apologia. O nosso estudo pretende analisar estes dois conceitos em Molina e a crítica dos mesmos por Báñez, procurando reinterpretar a polémica entre os dois autores, mostrando que ela assenta na diversa valorização da presciência e omnipotências divinas.
Palavras chave: Livre arbítrio, presciência, omnipotência.
Authors: Luis de Molina; Domingo Báñez

Downloads

Publicado

2015-07-06

Edição

Secção

Estudos