O memorialista e seu sacrifício

memória, entrevista e documento em perspectiva interdisciplinar

Autores

  • Sílvia Maria do Espírito Santo
  • Cláudia Leonor Guedes de Azevedo Oliveira
  • Herika Maria da Silva Aguiar
  • Luís Paulo Césari Domingues
  • Guilherme Mapelli Venturi

Resumo

Este artigo analisa duas práticas comuns que envolvem os pesquisadores da Ciência da Informação, Jornalismo e História: o documento e a entrevista, práticas essas que são sustentadas pelos conceitos de memória e pela busca da interdisciplinaridade. A metodologia origina-se dos elementos identificados nos estudos regionais, instrumentalizados pela coleta de depoimento oral, em caráter exploratório. Dos objetivos teóricos e práticos, destaca-se o contributo investigativo, balizado nos pressupostos de que a memória convoca reconstruções históricas que se fazem presentes na atualidade, sendo projetada, a partir do passado, e reinterpretada por agentes de diversas expressões acadêmicas e culturais. Os resultados são enumerados quanto às inferências sobre o estudo documental da história regional, com destaque para os usos da entrevista e do documento, que são, ao mesmo tempo, individuais e coletivos, em função das perspectivas inseridas nas construções, reconstruções e fraturas sociais do passado, em especial na figura do memorialista local.

Downloads

Publicado

2021-11-29

Edição

Secção

Artigos