Características da produção científica sobre transparência governamental publicada em periódicos internacionais

Robson Zuccolotto, Edson Luiz Riccio

Resumo


Devido a abrangência e importância que o tema transparência governamental vem ganhando nos últimos anos, esse estudo teve por objetivo identificar, por meio de um estudo bibliométrico as características dos estudos realizados nesse campo. Para isso foram utilizados 55 artigos sobre o tema constante da base Web of Science, identificando-se que a maioria dos estudos foram publicados nos Estados Unidos (46%), seguido pela Inglaterra (19%). Além disso, 54% dos autores que escrevem sobre o tema estão vinculados a alguma instituição americana e 16% a instituições inglesas. Importante destacar o surgimento de autores ligados a instituições da África do Sul, Holanda e Dinamarca. A instituição de pesquisa mais produtiva foi a Universidade da Califórnia (5 artigos), seguida pela Universidade de Harvard (4 artigos) e pela Universidade de Copenhague (3 artigos). Os autores mais produtivos foram Alt, Lassen e Stasavage com três artigos cada, ao passo que os mais citados foram Alesina, Cukierman, Besley, Persson e Franzese, todos com mais de cem citações cada. O trabalho mais referenciado foi o de Faust (2001) a palavra-chave mais utilizada foi informação, seguida por transparência. Observou-se, também, que em períodos pós-crise há uma elevação nas pesquisas sobre o tema e que as redes de co-citações são muito dinâmicas devido ao fato de nenhuma área do conhecimento ter, até o momento se apropriado do tema desse tema de pesquisa.

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Copyright © 2005 | CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória | PRISMA.COM | ISSN 1646-3153  | DOI 10.21747/16463153 | Contacto: prisma.com@letras.up.pt 

  

Lista da Revistas