Ciberjornalistas portugueses Das práticas às questões de ética

Autores

  • Hélder Bastos

Resumo

Neste artigo são apresentados os resultados de um inquérito feito a ciberjornalistas portugueses de órgãos de comunicação social mainstream, englobando jornais, revistas, rádios, televisões e jornais publicados exclusivamente na Web. O estudo fornece uma caracterização destes profissionais ao nível sociodemográfico, profissional, ocupacional e ético. Os resultados mostram que os ciberjornalistas se ocupam predominantemente de texto, cultivam pouco fontes próprias, valorizam a imediatez e a credibilização das notícias e passam pouco tempo em contacto com as audiências.

Downloads

Publicado

2008-04-05

Edição

Secção

Artigos