Altmetria no Brasil: estudo de citação e cocitação na base de dados BRAPCI

Autores

  • Fernanda Bochi dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Gonzalo Rubén Alvarez Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Rene Faustino Gabriel Junior Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Ana Maria Mielniczuk de Moura Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Resumo

O presente artigo aborda a influência dos autores nacionais e internacionais na literatura científica brasileira na temática ‘altmetria’, através de análise de citação e cocitação das publicações indexadas na Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI). Com base em indicadores bibliométricos, a pesquisa analisou 14 artigos com 112 referências e 92 autores citados. Os resultados sugerem (1) predomínio dos pesquisadores americanos e europeus na rede de coautoria das obras citadas e na rede de cocitação dos autores citados, (2) baixa presença de pesquisadores nacionais no ranking de autores mais citados, (3) proximidade temática significativa na rede de cocitação advinda de coautorias e ligações conceituais entre autores nacionais e internacionais citados, com destaque para J. Priem (95% das cocitações possíveis). Conclui que a pesquisa brasileira em altmetria indexada na BRAPCI é influenciada, majoritariamente, pelas correntes teóricas e metodológicas de autores internacionais pioneiros no estudo das métricas alternativas.

Palavras-chave: Comunicação Científica, Estudos Métricos, Análise de Citação e Cocitação, Altmetria.

Downloads

Publicado

2018-04-24