A comunicação de ciência à luz dos paradigmas da complexidade e tecnológico

Liliana Gonçalves

Resumo


O presente artigo pretende refletir sobre a comunicação de ciência na sociedade atual. Partindo do paradigma da complexidade, elaborado por Edgar Morin, que refere uma prática científica fragmentada, especializada e introspetiva, e analisando o paradigma tecnológico, definido por Manuel Castells, que propõe um novo modelo de organização social baseado numa sociedade em rede global, propõe-se uma reflexão teórica sobre a ciência enquanto fenómeno social e procura-se compreender a influência da tecnologia na relação entre a ciência e a sociedade, na comunicação de ciência.

Palavras-chave: Comunicação de ciência; public engagement with science; paradigma da complexidade; paradigma tecnológico.


Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.




Copyright © 2005 | CIC.DIGITAL-Porto | PRISMA.COM | ISSN 1646-3153  | DOI 10.21747/16463153 | Contacto: prisma.com@letras.up.pt 

 

  

Lista da Revistas