Cinema Árabe – tópicos e sugestões

Autores

  • Fernando Branco Correia

Resumo

O cinema em língua árabe é um espelho de um mundo culturalmente rico e vasto, com um passado glorioso, mas que até meados do século XX estava
sujeito, em grande parte, a potências coloniais europeias. Essa dependência facilitará a entrada do cinema no Norte de África e no Oriente Próximo e algumas elites de expressão árabe – de confissão muçulmana ou cristã – saberão tirar partido desse novo meio de expressão.
A actividade cinematográfica nos países de cultura árabe apresenta diferenças significativas de região para região mas tem sido um importante factor de coesão entre estes países, apesar das diferenças dialectais e de modelo de produção. O Egipto destaca-se como o país onde se instalou uma verdadeira indústria cinematográfica, comercial, mas tanto neste como noutros países – como a Tunísia - tem havido espaço para o “cinÉma d’auteur”. Muitos aspectos delicados e por vezes incómodos das sociedades árabes têm sido objecto de importantes filmes. O universo feminino, por seu lado, está cada vez mais presente: não só nas temáticas abordadas
mas também, sobretudo nas últimas décadas, na representação, na realização e na escrita de argumentos.


Palavras-chave: cultura árabe, cinema árabe, identidade, feminismo

Downloads

Publicado

2020-05-13

Edição

Secção

Artigos